Destinos de natureza no Paraná

Esse post veio para conquistar o coração de todos os amantes de natureza. Muitos acham que o meu Paraná não possui belezas naturais que fazem os olhos brilharem, venho dizer que tem sim e MUITOS.

Alguns pensam que só temos as Cataratas do Iguaçu, temos ela e muitos destinos surpreendentes. Claro que irei compartilhar esses lugares, além do mais, quero que venham conhecer minha terrinha linda, meu estado, onde nasci, onde moro e por qual sou apaixonada. Então vou apresentá-los abaixo:

 

Cataratas do Iguaçu – Foz do Iguaçu

Como já falei dele, nada mais justo do que começar por ele. A cidade de Foz do Iguaçu é um destino maravilhoso, que todos os brasileiros deveriam conhecer. Ela tem diversos pontos turísticos, seja construído pelo homem ou por Deus. E como o assunto é esses elementos que Deus nos presenteou, não existe atração melhor do que ver a maior catarata do mundo em sua frente. Visitar as Cataratas do Iguaçu é algo memorável e gratificante. Toda vez que eu vou me encanto e me surpreendo ainda mais com tamanha beleza.

 

Canyon de Guartelá – Tibagi

Tenho certeza que a maioria das pessoas nunca ouviram falar nesse lugar e aqueles que ouviram são aqui do Paraná ou de estados vizinhos. Só que gente, isso é muito triste. Porque esse lugar é MARAVILHOSO. Uma região com cachoeiras e saltos incríveis, e um canyon sensacional. Em Tibagi fica o Canyon de Guartelá, uma área verde belíssima, com cachoeiras e corredeiras. A atração principal dele em minha opinião, são os caldeirões naturais que ele possui e você pode entrar e curtir uma hidromassagem natural em suas costas.

 

Faxinal

Acredito que o primeiro lugar que fui por conta própria na minha vida de natureza foi Faxinal. Uma cidade pequena e pacata, mas onde as maravilhas naturais te envolvem e você se sente melhor consigo mesmo. A cidade usa o slogan “Capital das Cachoeiras e do Turismo de Aventura” e faz jus ao nome, porque ali é um ótimo ponto de rappel do estado. Além dessa prática esportiva é possível praticar: tirolesa, boia cross, canionismo, aquatrekking , trekking e muito mais. Na região você verá diversas cachoeiras, grutas, fendas, paredões, vales e cenários incríveis. Um lugar que amei ficar e já voltei várias vezes é o Luar de Agosto. Uma fazenda com ótima infraestrutura e uma cachoeira particular incrível.

 

Sengés e Itararé

Essas duas cidades que ficam próximas uma a outra é o paraíso para quem quer purificar a alma. Um destino com muitas cachoeiras, lagos, cânions, grutas e represas. Só que quando falo que tem cachoeiras, saibam que tem muitas quedas maravilhosas e refrescantes. Essa região do interior é bem calma e tranquila, transformando esse destino em um local para você manter a mente calma e se conectar com o meio ambiente.

 

Prudentópolis

Outro destino repleto de cachoeiras é a região da cidade de Prudentópolis. Uma região conhecida como a terra das cachoeiras gigantes. A maior delas possui 196 metros de altura que é a Cachoeira São Francisco, mas na verdade o nome se dá por ter muitas cachoeiras altas. São muitas trilhas belíssimas que você pode fazer pela região, todas te levam a lugares encantadores, para ter visuais belíssimos. Um destino surpreendente, que tenho certeza que vai te deixar com um gostinho de “quero mais”.

 

Morretes

Tem quem vá dizer que esse não é um destino de natureza, vou discordar totalmente. Como pode um lugar tão lindo, bem no meio da nossa serra não ser um local que se enquadra aqui? Morretes ficou conhecida pelo tradicional passeio de trem de Curitiba a Morretes. Um passeio lindo que já te faz apreciar a vegetação e flora que cerca, sem contar vales e paisagens esplêndidas. A cidade em si, é bem pequena e te faz realmente sentir em uma cidade do interior. Um passeio e destino maravilhoso que com certeza irá amar fazer no Paraná.

 

 Parque Estadual de Vila Velha e Buraco do Padre – Ponta Grossa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Começarei fazendo uma confissão, eu não vou à Vila Velha desde que sou pequena, mas é um lugar que é muito interessante visitar. Um parque de aproximadamente 3.122 hectares que tem objetivo de proteger e preservar as formações areníticas e a fauna e flora da região. Irei explicar o que é o local da forma mais básica e mais fácil de entender, ou seja, como minha mãe me explicou quando pequena. O Parque de Vila Velha tem formações rochosas que foram moldadas por chuva e vento, que se assemelham a diversos objetos e pessoas. Então quando forem, deixem a imaginação de vocês fluírem e tentem encontrar os itens. O que eu não me esqueço que vi facilmente foi a taça e a bota. Essa é a principal atração natural de Ponta Grossa, mas nessa região também está um local que precisam visitar: o Buraco do Padre. Esse é uma furna, rodeado de vegetação, em que no buraco no seu topo entra a luz natural e deságua uma cachoeira linda. Para acessar esse local é preciso fazer uma trilha de nível fácil. Então incluam esse ponto paranaense em seu roteiro pelo estado.

 

Pico do Agudo – Sapopema

Coloquei em evidência o Pico do Agudo, pois acredito que seja a principal atração da região, mas também existem saltos, cachoeiras, fendas, grutas e rios lindíssimos que vale à pena visitar. Mas vamos falar do queridinho Pico do Agudo. Para subir até o cume desse pico é necessário fazer uma trilha de nível médio, que leva aproximadamente 02h. Muitos sobem ela pela madrugada, para assistir o nascer do sol lá de cima e depois quando descerem, terem tempo para aproveitar outras atrações naturais da região.

 

Pico do Paraná – Antonina

Se eu falei do Pico do Agudo, não iria deixar de falar do pico mais alto do estado, o Pico do Paraná. Ele tem 1877 metros de altura. Não está nem perto da mais alta do Brasil, só que já digo a trilha é bem complicadinha. Para aqueles que acham o Pico do Agudo difícil, nem pensem em subir esse então. Pois a trilha que te leva ao cume ou pelo menos ao “primeiro andar”, já é bem mais difícil. Já nessa trilha normalmente você vai em um dia, dorme lá em cima e assisti o nascer do sol, lá do alto, para depois retornar.  Fazer bate e volta é possível, mas é muito cansativo e exige um ótimo preparo físico. Subir até o alto do Pico do Paraná é algo difícil, mas é recompensador. Chegar lá no alto e ter uma vista incrível da região é algo que nunca esquecerá.

 

Ribeirão Claro

Essa cidade fica na divisa com estado de São Paulo e é um ótimo destino para pessoas que querem estar mais perto da natureza. Na região é possível fazer várias trilhas, a principal te leva até o topo do Morro do Gavião. A descida, dependerá do seu grau de aventureiro, podendo ser feita através de trilha ou em tirolesa ou em voo livre. Na região também há outras atrações, como o Recanto da Cascata, a Gruta da Água Virtuosa, as cascatas Gummy, a Véu da Noiva e Ruvina. Ou seja, não é possível fazer tudo em um dia e precisa dedicar um tempinho para explorar essa região.

 

Corredor das Águas  – Porto Rico, Porto São José, todos os Portos do Rio Paraná e do Rio Paranapanema

O nome dessa região é Corredor das Águas, mas nem nós paranaenses a chamamos assim. Então não sabia como chamar esse título, porque não iria falar de uma cidade em si, mas de vários que envolvem esses dois rios maravilhosos do estado e que tem muito a oferecer. Já fui para os “portos” de Paranapanema, mas confesso que minha afinidade são com os do Rio Paraná. Minha família tem casa em Porto São Pedro, que fica entre Porto Rico e Porto São José, mas a cidade mais perto da nossa casa fica em Porto Rico. Então vou para lá faz anos e amo cada momento nessa região de muita beleza. Para vocês entenderem sobre esses lugares, em muitas partes dos rios aparecem “bancos de areia” e nesse fazemos prainhas de água doce. O que rodeiam essas prainhas? os rios e muita natureza. Com pássaros voando por todos os lados e peixinhos, arraias e outros animais nadando perto de vocês. Eu chamo essa região de “meu refúgio no mundo” e claro que quero compartilhá-la com vocês.

 

Ilha do Mel

Não poderia de colocar um destino de Praia nessa minha listinha e a minha preferida é a Ilha do Mel. Quem me conhece sabe que ela é uma das minhas preferidas no mundo todo. Um local preservado e que nem carro pode entrar. Lá a vibe é colocar um chinelo nos pés ou andar descalço mesmo e à noite sua melhor amiga será a lanterna. Um local que a boa energia te envolve e faz você percorrer as trilhas com um sorriso estampado no rosto. Um local que une muita área verde, com praias belíssimas e um mar com água muito transparente.

 

Acho que escrever esse post foi um dos que mais gostei até hoje. Eu amo meu estado e em cada lugar que escrevia só pensava em “quando vou para esse lugar novamente?”. Muitas pessoas não exploram o Paraná e o acha com poucas atrações. Isso é uma afronta muito grande e se chamar esse individuo para conversar comigo, verá essa paranaense muito orgulhosa do seu estado defendê-lo e dizer que é o mais lindo do Brasil. Agora é a vez de vocês, venham explorá-lo e se você for paranaense e não conhece algum desses lugares, não fique achando que você é um “paranaense ruim”, porque isso não existe e ainda dá tempo de visitar todos esses e muitos outros lugares, seja de natureza ou não. Aliás, sei que existem muitas cidades com belas paisagens que não listei e que podem incluir. Então se souberem dessas outras maravilhas, vão também até elas, ok?

 

Comments

comments

Deixe um comentário