Palácio de Cristal

O Palácio de Cristal é um dos pontos turísticos em que eu considero mais bonitos em Madrid. O acesso ao mesmo é muito fácil, mas saiba que terá que dar uma caminhadinha para chegar nele. Isso devido o mesmo ser no meio de um dos maiores parques da cidade.

Esse palácio fica dentro do Parque El Retiro. Para chegar nesse há varias formas, o mesmo está cercado por estações de metrô, como a Atocha e Retiro. Eu indico vocês chegarem pela Atocha, pois por ali há uma feirinha e um carrosel lindo. Se estiver com crianças é uma ótima pedida e se não estiver, dará boas fotos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao caminhar pelo parque você chegará no Palácio de Cristal. Esse tem entrada gratuita e fica aberto de abril a setembro das 10h às 22h, em outubro das 10h às 19h e de novembro a março das 10h às 18h. Fique atento pois alguns dias do ano o mesmo não abre, esses são: 01 e 06 de janeiro, 02 de maio, 24, 25 e 31 de dezembro. O mesmo também fecha em dias de chuva.

A estrutura do local chega a altura de 23metros foi baseada em uma cruz grega, só que em um dos braços termina com um pórtico de estilo jónico. Os materiais que utilizaram em seu projeto foram ferro e cristal. O local ao ser construído em 1887 tinha finalidade de cultivo ou manutenção de plantas exóticas, ou seja agia como estufa. Atualmente ele recebe diversos tipos de exposições de arte do Museu Nacional da Rainha Sofia, sendo a que eu fui em dezembro de 2017 a exposição Palimpsesto de Doris Salcedo.

Essa exposição realizada por uma grande artista plástica colombiana ficará em cartaz até 01 de abril de 2018. Ela retrata a luta das pessoas que buscam uma vida melhor. No caso dessa exposição com pequenas gotas d’aguas que surgem do chão do palácio se formam nomes de homens e mulheres que morreram afogadas tentando chegar à Europa.

É uma exposição linda, incrível e fascinante. Cada uma possui algumas regras a serem seguidas, mas também mescladas com próprias normas do palácio. Antes de você entrar no local, eles certificam que você tenha o consentimento dessas informações, para não haver problemas. As regras que nos foram passadas eram as seguintes:

  • A capacidade máxima dentro do local é de 50 pessoas.
  • O tempo de permanência lá dentro é de 10 minutos.
  • É necessário cobrir os sapatos com uma sapatilha disponível na entrada.
  • Não pode pisar nos nomes escritos no piso do palácio.
  • Como a obra lida com água, o piso pode ser escorregadio. Então deve-se ter cuidado para não haver acidentes.
  • É proibido comer, beber e sentar no chão da exposição.
  • Crianças até 5 anos deverão ser carregados no colo e até 8 anos necessitam estar acompanhados dos pais.
  • Não é permitido a entrada de carrinhos de bebê
  • É indicado aos cadeirantes irem ao guichê de informações, para saber como prosseguirem.
  • Toda a obra possui câmeras para o controle de segurança.

Eu achei a estrutura realmente encantadora e a exposição muitíssimo interessante. Com certeza valeu muito a pena ir até o local e indico vocês a darem uma volta no lago e ao redor da edificação para admirá-la um pouquinho.

 

Salve esse post no Pinterest

 

Comments

comments

Deixe um comentário