Pratos típicos baianos que você não pode deixar de comer na Bahia

Eu amar a Bahia não é segredo algum, tanto que tento ir pra lá quase todos os anos. O estado me encanta não só com suas praias, mas com seu povo caloroso, com meu estilo de musica preferida (Axé, não me julguem), com a natureza abundante e principalmente com a culinária.

Vou apresentar alguns pratos que você precisa comer quando estiverem por lá e podem dizer que sabem fazer, mas a comida deles tem o sabor, tem o tempero baiano, tem a alma deles em cada prato e é simplesmente incrível.

1) Lambreta

Definitivamente esse é o meu prato baiano PREFERIDO, não consigo pensar em ir para lá e não comer lambreta. Muitos podem achar a cara estranha, parece que saem minhocas de dentro dele, mas é MARAVILHOSO. Não sei nem explicar para vocês o quão bom é. Tá Fernanda, mas o que é lambreta? Ele é um molusco que vem dos mangues envolto de duas conchinhas, ao cozinhá-los as conchinhas se rompem e você come a parte interna. Você pode encontrar lambretas desde feiras livres, como em restaurantes. Os valores variam, mas você acha em feirinhas e na beira da praia a duzia por R$ 10,00. Ah, e vale ressaltar que há rumores que elas são afrodisíacas.

 

2) Acarajé

Com certeza esse é prato baiano mais famoso e que todos já ouviram falar, mas muitos tem receio de comer. Eu particularmente acho uma delícia, mas sei também que é uma bomba calórica (hahahaha). Ele foi originalmente criado na África e nós fomos adaptando-o com o nosso jeitinho brasileiro. Trata-se de um bolinho feito de massa de feijão fradinho e temperos frito em azeite de dendê. Ele é recheado com pimenta, camarão seco, caruru e vatapá. Não será difícil encontrar o Acarajé na Bahia, são inúmeras barraquinhas e restaurantes que o vendem e o preço médio dele é R$ 8,00. Uma curiosidade: se te perguntarem se quer quente ou frio, saibam que não é a temperatura em que será servido, mas sim quente é apimentado e frio com menos pimenta.

 

3) Caruru

Esse prato você precisa comer na Bahia, já tentei comer em diversos lugares e nada como o de lá. Eles sabem bem fazer esse cozido de quiabos com azeite de dendê e pimenta. Normalmente se come com carne ou frango ou camarão seco ou principalmente com peixe. Eles fazem um caldeira com todos os ingredientes e se torna um prato delicioso. O mesmo é o prato típico carro chefe das festas de Cosme e Damião que acontecem no mês de setembro. Esse não terá em todas as barraquinhas na beira da praia, mas sim em restaurantes de culinária local e o preço do prato sai aproximadamente R$ 25.00.

 

4) Vatapá

O Vatapá é o tradicional acompanhamento do acarajé, mas também é possível comê-lo sozinho ou com outros alimentos, como camarão seco (delicioso), peixes, carne, arroz e banana. Vai da criatividade de cada um. Ele é composto por pão, amendoim ou castanha de caju, gengibre, pimenta, leite de coco, cebola e é claro muito azeite de dendê. Normalmente o pão utilizado é um pão considerado “passado”, aquele pão de ontem, que já está duro, mas misturado com todos os ingredientes fica uma delícia. Ele é um prato cremoso e que só de olhar da água na boca. Ah, e sobre os preços, vocês podem achar a partir de R$ 10,00 uma pequena porção.

 

5) Abará

Sei que quando você vê uma folha de bananeira chegando, você fica pensando “isso não vai ser bom”, mas na verdade é bem gostoso. O abará é um bolinho de feijão fradinho moído e cozido embrulhado com a folha de bananeira. É a mesma massa do acarajé, porém a diferença é que o acarajé é frito e o abará é cozido. O preço dele varia, mas você irá encontrar a partir de R$ 8,00 e fique tranquilo porque você não sentirá dificuldades em encontrá-lo.

 

 

6) Sarapatel

Vocês sabem que sou super sincera aqui e esse prato eu confesso que nunca comi, na verdade me faltou coragem, mas todos que provam dizem ser maravilhoso. Por que o receio? Porque ele é composto de vísceras de porco, cabrito ou borrego (carneiro), tripas, sangue coalhado e cortado em pedaços e temperos. O prato custa em torna de R$ 26,00 e você pode encontrá-lo em restaurantes bem caseiros ou específicos em culinária baiana.

 

7) Pãozinho Delícia

Eu sei que eu falei que a lambreta era meu prato preferido baiano, mas se eu pudesse comer o pãozinho delícia todos os dias da minha vida eu comeria. Primeiro porque é gostoso de ouvir eles falarem o “délicia” com o sotaque que só baiano tem e porque não existe um pão tão fofinho e saboroso quanto esse. Você encontrará diversos tipos e tamanhos em variadas padarias, delicatesses e cafés da Bahia. Os sabores são variados, você pode escolher sem recheio, salgado ou doce. Eu se fosse você pegava pelo menos um de cada ou até mais de cada, porque o preço é super em conta, os pequenos saem por R$ 1,00. Pessoal, por favor comam o pãozinho delicia, imploro à vocês.

 

8) Xinxim de Galinha

O nome pode ser estranho, mas o sabor é bom. Esse prato é encontrado em restaurantes com gastronomia baiana e normalmente tem o valor aproximado de R$ 30,00, mas ele serve praticamente duas pessoas. Algumas vezes o servem acompanhado com arroz e/ou farinha, caruru e/ou vatapá. Ele consiste em carne de galinha ou frango, amendoim, castanha, camarão e muito tempero. Muitas vezes vem um pouco apimentado demais, como toda comida baiana. Então já se preparem ou pedem para diminuírem na pimenta.

 

9) Moqueca Baiana

Acredito que esse é o prato que ninguém irá deixar de comer enquanto estiver na Bahia, então com certeza tinha que listá-lo. Não preciso nem dizer o quanto é saborosa, deliciosa, maravilhosa uma moqueca baiana. O prato é um cozido de peixe e diversos frutos do mar, misturados com vários temperos, porém o que não pode faltar é o leite de coco, coentro e azeite de dendê. Na maioria das vezes a mesma é acompanhada com pirão (farinha misturada com o caldo do peixe cozido). Os preços do prato variam de acordo o peixe escolhido, mas você irá encontrar a partir de R$ 60,00 e servem de duas a três pessoas.

 

 

10) Bolinho de Estudante

 

O bolinho de estudante é uma iguaria feita de tapioca granulada, coco ralado, açúcar e canela. O porque do nome ninguém sabe, mas dizem que é devido o preço do mesmo ser barato e assim popular entre os estudantes. Esse também é chamado por alguns apelidos meio obscenos, “punheta e punhetinha”. Praticamente toda baiana que você ver que estará vendendo acarajé, também terá esse bolinho. Sendo a sobremesa típica do baiano e saindo por apenas R$ 2,00 ou R$ 3,00.

 

Eu apresentei alguns pratos típicos que você irá encontrar no estado baiano e que irá se surpreender com o sabor. Alguns são “estranhos” ao vermos em fotos ou ao lermos ingredientes, pois não estão em nosso dia a dia. Mas garanto que todos são deliciosos e vale a pena experimentá-los e assim apreciar um pouco dessa culinária rica de temperos e sabores.

 

Salve esse post no Pinterest!

Comments

comments

Deixe um comentário